Refinanciamento

Refinanciamento nada mais é que renegociar suas dívidas através de um contrato já celebrado ao qual já vem pagando a algum tempo, quando se refinancia algum empréstimo é refeito o mesmo empréstimo com o mesmo valor de parcela e inicia-se um outro, o cliente ficando apenas com a diferença entre o valor atual do contrato menos o saldo devedor. Considera-se viável realizar um Refinanciamento quando já se pagou pelo menos 30% do prazo do contrato, por exemplo, se fez um empréstimo em 72 vezes teria que ter pago pelo menos 22 parcelas para existir saldo matemático que justifique refinanciar.

Outro fator importante a se considerar é que ao refazer seu empréstimo estará sendo refeito com as condições atuais, ou seja, se o contrato original foi celebrado a uma taxa menor o atual será celebrado a uma taxa de juros atual e não igual ao contrato refinanciado.

Indicamos o Refinanciamento para quem não pode mais fazer um empréstimo devido já ter utilizado todo o seu comprometimento de renda mensal que é definido em 30% (Trinta por cento) o que chamamos no caso do empréstimo consignado de margem consignável, ou que não deseje ter mais uma parcela para pagar, nestes casos é recomendado o Refinanciamento.

Produtos Relacionados

ALL PRODUCTS