(11) 2626-6000

Muito se falava sobre a redução na taxa de juros no Empréstimo Consignado e o Governo anunciou nesta última segunda-feira, 03 de Abril, um pacote de redução. Esse pacote limitará a taxa máxima para empréstimo consignado e cartões de Crédito. Conheça mais sobre a redução de juros no empréstimo consignado e suas vantagens agora!

Redução na Taxa de Juros + Vantagens

Veja como ficou:

  • Empréstimo Consignado: Taxa Máxima de 2,14% a.m
  • Juros do Rotativo do Cartão de Crédito Consignado: 3% a.m

Pacote de Incentivo a Classe Média

O Governo, vendo a classe média tomada por juros e a economia estagnada devido ao grande grau de endividamento, reduziu a taxa de juros cobrada pelas instituições financeiras na modalidade consignado.

REDUÇÃO NA TAXA DE JUROSA ideia é que o cidadão busque o crédito consignado a fim de trocar juros maiores por juros menores.

Ainda pode haver mudanças

Uma outra medida divulgada nos bastidores é em relação ao prazo. Diante disso, foi estudada a possibilidade de alongar para 120 (cento e vinte) meses para pagar.

Categorias como os Servidores Federais estão aguardando um prazo maior ainda que seria de 130 (cento e trinta) meses para pagar.

De certo mesmo, é que essa definição em relação aos prazos possa ocorrer ainda esta semana. Sem dúvida é mais uma medida do governo em reter a recessão e conter o endividamento da família brasileira.

Mudança Imediata

Para quem está buscando um empréstimo consignado hoje, certamente já percebeu que os juros caíram. Isso já é uma realidade.

Muitas pessoas me perguntam no blog sobre Refinanciamento e Portabilidade e se a redução da taxa de juros iria interferir nestes produtos também. A resposta é SIM.

Quem tem Contratos em andamento podem refinanciar já com as novas taxas de juros.

O mesmo ocorre para os clientes que desejam portar seus contratos, pois eles poderão se beneficiar com a taxa de juros menores.

Refinanciamento

O Refinanciamento nada mais é do que uma conta básica de matemática:

(Valor atual do contrato) – (Saldo devedor) = Valor a liberar ao cliente

Ou seja, se o valor do contrato anterior estava baseado em uma taxa de juros de 2,4% e agora está baseado em uma taxa de 2,14%, o valor do contrato atual será maior.

O contrato atual sendo maior sobra mais dinheiro para o cliente, uma vez que o saldo devedor não muda.

Portabilidade

A portabilidade atende a mesma regra que o Refinanciamento. O que muda é que quem paga o saldo devedor é a instituição para aonde está se portando o contrato.

Devo Refinanciar ou Portar meus Contratos Então?

O que recomendamos é que sempre recorra ao crédito consignado quando for necessário. E não é porque a taxa de juros caiu que você tem que refinanciar seus contratos. Faça isso quando necessário.

Pessoalmente, eu aguardaria até que seja definido a questão prazo, até porque existe uma chance muito grande desta semana ainda o prazo também mudar, o que daria uma margem ainda maior para você, porque aumentando o prazo aumenta o valor liberado também.

Cuidados Especiais a se tomar

Entenda que ao alongar seu empréstimo consignado o total a prazo ficará maior também, não ache que será diferente.

Outro fator importante é que ao alongar seu contrato para 120 meses por exemplo, o prazo para refinanciar ele depois será mais longo, em média 36 parcelas pagas para poder refinanciar.

É verdade que ainda estamos aguardando uma definição nas regras de prazos. No entanto, como é dada como certa essa mudança, recomendamos que se possível só a utilize caso seja extremamente necessária.

Entendemos que a redução na taxa de juros do empréstimo consignado é uma vitória sim, mas deve ser utilizada com muita cautela.

Você sabia que o Portal Consignados é especialista em empréstimo consignado?

Com mais de 17 anos no Mercado de Empréstimo Consignado e com uma equipe treinada para lhe auxiliar na melhor decisão, no entanto o Portal Consignados trabalha em parceria com diversos bancos para lhe oferecer sempre o melhor negócio.

Contrate seu empréstimo consignado clicando aqui

1
×
Olá!
Como posso lhe ajudar?