Planos de saúde serão debitadas da margem dos 30%

Planos de saúde serão

Planos de saúde serão debitadas da margem dos 30%

O SIAPE anunciou que Planos de Saúde serão debitadas  da margem dos 30% (trinta por cento) que é utilizada para calcular limite para empréstimos consignados, atualmente o Servidor que possuí plano de saúde debitado da sua folha de pagamento tinha o valor da mensalidade do plano deduzida da margem dos 70% (Setenta por cento) agora com a nova regra terá deduzido da margem dos 30%, esta mudança começa a vale a partir do dia 25/05/2016 e terá grande impacto sobre a margem pra empréstimos do servidores federais. Estamos acompanhando o decreto 8.690 para confirmar esta alteração que está confirmada para a data acima mencionada.

O que muda para mim?

Com a mudança do débito da mensalidade dos planos de saúde fazerem parte da margem dos 30% (trinta por cento) muitos servidores federais ficaram com sua margem negativa, ou pior ainda mais negativa do que já estava, isso poderá afetar tanto a contratações de empréstimos novos quanto de operações de refinanciamento e portabilidade. Alguns Bancos essa semana já sinalizaram a paralisação de operações de portabilidade com medo de não conseguir fazer a reserva da parcela devido a essa mudança. O servidor que tinha a certeza que seu plano de saúde não iria interferir na sua margem dos 30% agora ficou surpreso em saber que tanto irá interferir quanto irá deixa-lo sem margem ou pior com a margem negativa, em conversa com alguns servidores, muitos me confidenciaram que se sentiram enganados, uma vez que não foi cumprido o que lhe havia prometido lá traz.

 

Porque faz tanta diferença?

Os servidores Federais a anos vem sofrendo com a desvalorização de seus salários devido a falta de reajuste e com a inflação, o fato é que a margem dos 30% mesmo que em muitas vezes já estando tomada ainda faz muita diferença em mante-lá positiva devido a lhes dar a possibilidade de refinanciar seus contratos ou até mesmo fazer uma portabilidade de empréstimo consignado. Pessoalmente tenho acompanhado a luta dos servidores e muitos já os tenho como amigos e várias lutas e são um categoria com muito engajamento neste sentido de lutar pois os últimos governos vem assolando e massacrando a categoria com diversas promessas não cumpridas e um descaso fora do comum.

Alternativa Emergencial

Uma alternativa emergencial seria procurar seu plano de saúde e solicitar que seja retirado da folha o desconto da mensalidade do plano de saúde e que seja enviado um boleto bancário, como usualmente é feito nos planos de saúde convencional, isso poderia sanar o problema, mas a pergunta que fica no ar é? Será que a operadora do plano de saúde irá aceitar? Tentamos procurar a operadora do plano para obter esta resposta mas infelizmente não quiseram se pronunciar.

Mais uma Luta a ser travada

Igualmente ao empréstimo consignado existe a possibilidade de seu fazer  a portabilidade de seu plano de saúde, o único problema será conseguir no boleto as mesmas condições e valores aos quais já vem pagando com desconto em folha no boleto bancário, por isso, antes de qualquer coisa faça essa analise pois com saúde não se brinca. Estamos realizando um estudo junto nossa área jurídica para analisar se os planos de saúde serão obrigados ou não a mudar a forma de débito em caso do servidor solicitar mas como de costume neste canal contamos com vossa ajuda em mais uma luta.

FGTS para pagar Empréstimo Consignado

Nesta semana se tem falado sobre o FGTS para pagar empréstimo consignado, após o anuncio do Ministro da Fazenda Nelson Barbosa da medida provisória 719, que poderá possibilitar ao trabalhador usar 10% do saldo do FGTS e o valor integral da multa decisória para quitar o empréstimo consignado em caso de demissão.

O Empréstimo Consignado para os trabalhadores de carteira assinada os chamados “CLT”, já existe a muitos anos mas devido a grande rotatividade de emprego no mercado Brasileiro, sempre foi um conto de fadas, a maioria dos Bancos atualmente fazem, mas as exigências são tantas que é pra poucos, poucos mesmo a possibilidade de obter um empréstimo consignado sendo CLT.

FGTS

Participei de inúmeras reuniões e já recebi centenas de roteiros operacionais para cadastro de empresas para empréstimo consignado, mas na grande maioria das vezes bateu na trave, as exigências eram e ainda são muito grandes, os Bancos atualmente não cadastram empresas que tenham menos de 300 funcionários e hoje em dia, com a queda da atividade industrial e o mercado Brasileiro ser altamente voltado para o comercio e prestação de serviço é complicado hoje atender a uma empresa com um porte deste, são poucas no Brasil, afinal de contas o Brasileiro é um povo empreendedor ou seja o mais comum são micro e pequenas empresas.

FGTS x Empréstimo Consignado o que muda

Com a possibilidade de oferecer uma garantia como o FGTS, muda muita coisa, um dos principais problemas do consignado para CLT sempre foi o calote, ou seja, quando o cliente saia da empresa, se instaurava uma verdadeira bagunça, nem o cliente nem o Banco sabia como cobrar as parcelas que ficaram pra frente, não foram uma ou duas vezes que recebi emails de clientes CLT que se desligaram da empresa, queriam pagar mas o banco não sabia nem como receber, pode até parecer estranho mas quem já viveu isso pode garantir que era e ainda é um problema, e muito pior na maioria das vezes o ex-funcionário só se dava conta quando via seu nome negativado.

A media ajuda muito mas no meu entendimento ainda é falha e incompleta, debitar da folha de pagamento ainda é um dos maiores problemas encontrados na hora de fechar um contrato de desconto com uma empresa, muitas empresa simplesmente não querem fazer a gestão da folha ou até mesmo terceirizam o RH, além de muitas vezes submeter o funcionário a terrível exposição no seu ambiente de trabalho.

Outro problema que enxergo é a falta de interesse da parte dos Bancos, esta bola foi cantada a muitos meses atrás e até agora nenhum banco falou nada a respeito, só reuniões desencontradas com inúmeros pontos de interrogação, para quem conhece bem o sistema financeiro sabe, banco no Brasil faz só o que quer e só põe a mão pra ganha muito.

No meu entendimento o modelo de empréstimo consignado adotado hoje para servidores e aposentados não funciona para CLT, o desconto para dar certo deve ser feito em conta e não em folha, só desta forma o cliente poderá negociar com o Banco sem sofrer constrangimento ou depender da administração da folha de pagamento de sua empresa, afinal de contas hoje no Brasil emprego é igual família, você não escolhe é escolhido, e nem sempre a empresa que te contratou tem condições em administrar um desconto em folha.

O que me entristece muito é que hoje quem faz o chamado débito em conta, deita e rola em cima de seus clientes, não existe uma regra nem limites, existem financeiras cobrando até 22% ao mês e ninguém fala nada, o Banco Central por exemplo fecha os olhos e deixa o coro correr solto, por isso, se fosse possível o empréstimo consignado com desconto em conta e com a garantia do FGTS, acredito que mudaria muita coisa.

Outra recomendação é que se faça a reserva do fundo garantidor sobre o FGTS como é feito hoje uma alienação fiduciária ou hipoteca, como a gestão do FGTS é da Caixa, seria interessante criar um mecanismo que vincule o PIS a dívida, isso daria mais segurança as instituições financeiras e possibilitaria abrir novos horizontes.

Nem tudo são Flores

Um dos maiores problemas enfrentados hoje é o auto grau de indevidamente da família brasileira, tem que ser muito bem discutido qual será o juros cobrado e mais do que isso, o Banco Central tem que olhar para esta modalidade de crédito com muito carinho e atenção, será necessário criar regras rígidas para evitar que seja a nova “Bolha” do próximos anos, a iniciativa é boa mas necessita de grandes mudanças e muita cautela no meu entendimento.

Vejo hoje a necessidade de uma grande transformação na cultura de cobrança neste país, dar a possibilidade do cliente poder negociar suas dívidas de forma coletiva, é uma dificuldade enorme pagar as dívidas, muitas vezes o cliente até tem o dinheiro mas a burocracia é tão grande que fica praticamente impossível pagar, por isso, ter crédito é muito bom mas poder quitar ou trocar juros maiores por juros menores é algo que deve ser amadurecido no mercado.

Faça a Escolha Certa

Sou um dos pioneiros no empréstimo consignado aqui no Brasil e vejo a proposta com bons olhos apesar de muitas dúvidas e ressalvas, mas é um começo, por isso, ao ter acesso ao empréstimo consignado faça a escolha certa, e só o faça havendo real necessidade, crédito é bom mas se souber usar.

 

Cartões Aprovados BMG o Primeiro Lote já está Confirmado

Cartões BMG Card
Sucesso total na liberação do BMG Card

Hoje tivemos a confirmação do primeiro lote do INSS com mais de 590 Mil averbações do BMG Card concluídas no Dataprev, quem estava esperando para o dia 05/1o/2015 pode agora ficar mais aliviado.

 Cartões Aprovados BMG Card o Drama

Após a publicação da MP 681 abriu a chance dos aposentados e pensionistas do INSS terem uma possibilidade a mais em obter um cartão de crédito mais barato e sem muita burocracia, contudo foi necessário que o INSS criasse um normativo interno autorizando e criando regras para adequar aos 5% dados para o cartão e que mudasse seu sistema para analisar as propostas do cartão considerando a nova margem dos 5% para poder averbar as propostas.

O fato é que o próprio INSS informou que a data prevista para que seu sistema ficasse pronto seria 05/10/2015 o que desagradou muita gente, tendo em vista que muitas pessoas começaram a solicitar este cartão desde que a MP 681 foi publicada ou seja já se passaram mais de 2 meses.

Mudança na Programação do INSS

Após muito alvoroço e muita pressão o Dataprev que é a empresa que processa os dados do INSS começou a se mexer e conseguiu mudar seu sistema ao ponto de somente na data de hoje o Banco BMG conseguiu averbar mais de 590 mil propostas de cartões.

A partir de agora estarão sendo enviados lotes todos os dias até que seja normalizado todos os pedidos de cartões de crédito consignado e toda espera e agonia seja superada em um curto espaço de tempo.

Recomendações para quem já solicitou

Para quem já solicitou o cartão de crédito BMG Card é importante ligar para o correspondente ao qual contratou ou na central de relacionamento no telefone 0800 979 9099 para saber se a sua proposta está neste primeiro lote ou se ainda está para retornar nos próximos lotes de Cartões BMG Card

Será solicitado em alguns casos que seja assinada a via do Saque, pois foi autorizado pelo INSS até 98% do limite do seu cartão de crédito BMG Card possa ser utilizado através de saque, este procedimento é normal e servirá para lhe ajudar a conseguir sacar em dinheiro.

Limite de Crédito

Dentro destes últimos dois meses de espera muitas coisas mudaram inclusive o limite aprovado para o seu cartão, no começo era 2 x a renda liquida agora o que ficou definido foi 1,4 x sua renda liquida, ou 28x a sua margem dos 5%.

Recomendações

Não é porque se trata de um cartão de crédito consignado que se deva utilizar o cartão de qualquer forma, muito pelo contrário, seja bem conscientes a partir de agora em suas escolhas e faça bom uso de seu cartão de crédito, faça jus o objetivo da MP 681 que é para utilizar o cartão de crédito para poder quitar outras dívidas inclusive com cartões.

Qualquer dúvida em relação a utilização do Cartão de Crédito consignado BMG Card, estaremos aqui para lhe auxiliar respondendo a todas as suas dúvidas relacionada a cartões ou quais produtos comercializados pelo portal consignados.

Aos participantes da campanha no facebook #AgilizaDataprev o nosso muito obrigado e vamos continuar engajados em causas que possam ajudar a todos, em relação aos Cartões tivemos uma vitória significatica.

Greve no INSS caminha para 90 dias e Agora!

Muitos clientes tem nos questionado sobre a greve do INSS e por isso decidimos esclarecer alguns pontos. A paralisação que já caminha para 90 dias está tirando o sono de muita gente, inclusive daqueles que necessitam se dirigir a uma agencia do INSS.

Para aqueles que acreditam que a greve no INSS está atrapalhando alguma liberação de empréstimo consignado ou o Cartão de Crédito consignado podem ficar tranquilos a Greve no INSS não atrapalha o fluxo de averbações, pois todo processamento de dados é realizado pela Dataprev e não pelas agencias do INSS.

Entendendo a Greve no INSS

A reivindicação é de um reajuste salarial de 27,5% de aumento em seus salários, atualmente a categoria tem adesão de 85% da categoria que atualmente é composta por mais de 33 mil funcionários.

A paralisação afetou mais de 1100 agencias em todo país e recentemente até os médicos que estavam realizando as perícias médicas aderiram à greve.

Prejuízos Causados pela Greve

Muitas pessoas que necessitam dar entrada em aposentadorias e pensões ou até mesmo aguardam uma perícia médica estão aguardando o fim da greve no INSS para colocar sua vida em dia.

Quem está com a perícia agendada neste período tem sofrido com a suspensão do benefício até que seja terminado o impasse, o que vem trazendo comoção e desespero a milhares de famílias.

È ultrajante como se paralisam serviços de tal importância neste país, e como as negociações vem sendo discutidas a uma velocidade igual ou menor a das “Marginais de São Paulo”.

Pontos de Reflexão

Apesar da reivindicação dos servidores ser justa é importante lembrar que nosso país herdou a herança de um grande líder sindical e ele como mais ninguém sabe bem trabalhar uma greve, inclusive a favor do próprio governo, e não podemos esquecer que o déficit anunciado pelo governo passa dos 30 Bilhões, ou seja, bem providencial uma greve onde se paralisa os pagamentos de milhares de benefícios e cessa outros milhares, seria essa greve uma medida para o governo ganhar tempo?

É muito difícil não acreditar nisso, pelo menos no meu ponto de vista, da mesma forma que a MP 681 junto ao INSS dá indícios de que só será liberada no terceiro trimestre do ano, ajudando assim a economia embalar, fica muito difícil acreditar que o objetivo da greve seja realmente aumento salarial.

A reflexão é importante para nós como cidadãos brasileiros podermos tirar nossas próprias conclusões a respeito de assuntos de tamanha importância.

Cessação do Auxilio Doença – Estabilidade de Emprego

O empregado pode ficar afastado de seu trabalho por estar incapaz diante de um acidente do trabalho ou por uma doença.

No caso de acidente do trabalho, isto é, quando o empregado ficar afastado de suas atribuições por ter sofrido acidente nas dependências da empresa no seu horário de trabalho; ou no trajeto de seu trabalho; ou ainda, se for acometido por uma doença profissional (doença relacionada ao trabalho), receberá da Previdência Social, benefício de Auxilio Doença por Acidente do Trabalho nominado pelo INSS como espécie 91.

No caso de afastamento do trabalho por qualquer outra doença, que não seja relacionada ao trabalho, o empregado receberá Auxilio Doença nominado pelo INSS como espécie 31.

Da estabilidade de emprego após Cessação do Auxilio Doença

No momento em que o empregado retorna as suas atividades profissionais, após a cessação do Auxilio Doença e desde que esteja curado, o mesmo pode ser surpreendido com a sua substituição no local em que trabalhava.
Entretanto, o segurado que sofreu acidente do trabalho, tem garantido pelo prazo mínimo 12 meses a manutenção do seu contrato de trabalho na empresa, após a cessação do auxílio-doença acidentário. Assim se o empregado for demitido o mesmo deverá ser indenizado como se estivesse trabalhando por 12 meses.

Já nos casos de afastamento por Auxilio Doença (espécie 31) o empregado não faz jus a estabilidade de emprego, exceto se houver previsão da estabilidade na convenção coletiva de sua categoria profissional.

Vale informar, todavia, que a estabilidade de emprego também poderá ser garantida para os segurados que receberam o Auxilio Doença – espécie 31, mas que comprovarem judicialmente que a doença que lhe causou a incapacidade tenha nexo com a função desempenhada.

Pedido Judicial

Para que o empregado faça jus a estabilidade de emprego, o mesmo deverá contratar um advogado especialista em Direito do Trabalho que irá reunir todos os documentos necessários para comprovar que a doença incapacitante está relacionada com o trabalho.

Com todos os documentos será apresentado um pedido judicial de indenização pela estabilidade de emprego após a cessação.
Entretanto a estabilidade somente será reconhecida, desde que o perito judicial (médico nomeado pelo Poder Judiciário) conclua que a doença acometida pelo empregado tenha nexo com o trabalho.

Sendo positiva a pericia, o empregado terá sua estabilidade indenizada e, ainda, poderá ser indenizado por danos morais desde que fique comprovado a culpa do empregador pela doença.

Esta matéria foi gentilmente cedida pela Rocha & Mouta Advogados

 

SIAPE o retorno já foi Confirmado no BMG

 

 

Volta do SIAPE

No próximo dia 14 de Setembro o Banco BMG voltará a operar com empréstimo consignado SIAPE, com a troca da processadoras milhares de servidores federais poderão retomar sua negociação com o Banco e pode além de contratar seus empréstimos, fazer refinanciamento e em breve portabilidade também. A paralisação afetou a muitos servidores do Brasil todo e acreditamos que essa noticia além de gerar um alívio muito grande, seja bem recebida por todos.

Motivos que desencadearam a paralisação do SIAPE

Com as denuncias do envolvimento da antiga processadora Consist no esquema batizado pela policia federal de Lava a jato, muitas instituições financeiras decidiram se afastar e paralisar qualquer processo que envolvesse a Consist, durante esse processo todos os servidores tiveram enormes dificuldades em solicitar ou até mesmo obter informações sobre refinanciamento, empréstimo novo e até mesmo portabilidade.

Já algumas semanas estávamos acompanhando a movimentação do mercado no sentido do retorno, algumas instituições financeiras já começaram a operar com o SIAPE de forma parcial, mas com o anuncio da troca da processadora muitos bancos estarão retomando suas operações já nesta terça-feira pós feriado de 7 de setembro, dando assim ao fim de tanto martírio.

Novos Produtos

Muito se tem falado sobre o cartão de crédito consignado, após a MP 681 é o assunto do momento e acreditamos que como no INSS os servidores federais poderão também se beneficiar do Cartão de Crédito com desconto em folha utilizando os 5% .

Outra boa noticia é o retorno das operações de portabilidade pelo BMG Itaú, a meses o banco vem preparando seu sistema a fim de poder oferecer aos seus clientes maior agilidade e facilidade na hora de portar seu contrato de outro Banco para o BMG Itaú.

Atualmente o BMG Itaú é líder no mercado de empréstimo consignado mas isso não é a toa não, por ter o melhor sistema e uma vasta rede de correspondentes Bancários espalhados pelo Brasil todo é extremamente acessível e seu atendimento muito ágil.

Data Prevista

Quando mencionamos data prevista é porque poderão haver mudanças, contudo não muito significativas, por isso estaremos acompanhando e pocisionando a todos a respeito da data correta, hoje podemos afirmar inclusive pelo comunicado que recebemos que está tudo certo para que a partir do dia 14 de Setembro retomaremos as operações de empréstimo consignado SIAPE.

 

Adiantamento do 13 INSS Está Confirmado Afinal

Agora está confirmado o adiantamento do 13 salário dos aposentados e pensionistas do INSS, depois de muita especulação se sim ou se não, o Ministério da Fazenda confirmou, mas o que poderia ser motivo de muita comemoração na verdade foi um balde de agua fria nos mais de 26 milhões de beneficiários do INSS.

Como será pago o adiantamento do 13

Foi confirmado o pagamento da antecipação do 13 da seguinte forma 25%  em Setembro, 25% em Outubro e 50% em Dezembro, quem estava pensando em saudar suas dívidas com a tão esperada parcela do 13 vai ter que se contentar somente com a metade.

Se você recebe até um salário mínimo começará a receber a primeira parcela de seu 13 em 25 de agosto, acompanhando o calendário de pagamentos do INSS.

Motivos para Comemorar ou para Chorar

Apesar de não ser o ideal a pressão a respeito do assunto evitou o pior, porque o caixa do governo já não anda mais o mesmo, a arrecadação caiu e foi depois de muita luta que saiu pelo menos os 25% de adiantamento do 13, o que não alivia muito mais pelo menos ajuda.

Seja bem vindo a crise!

Apesar de ser apenas 25% o adiantamento do 13 isso representa em números 12 bilhões de reais, o que é muito dinheiro, mas se for comparar nas seis principais capitais onde o salário médio é de R$ 2.170,70 onde foram analisados 22,8 milhões de contribuintes teríamos uma arrecadação em torno de um pouco mais de 5 bilhões, o chamado rombo previdenciário, e já não é de hoje que isso vem acontecendo e se as contribuições continuarem a serem mau investidos logo teremos mais mudanças na previdência oficial.

O Curioso desta história é que Bancos oficiais como a Caixa econômica poderiam utilizar as contribuições dos segurados da ativa do INSS em linhas de crédito potencializando o valor contribuído, norral para isso a Caixa tem, por diversos anos foi eleito o melhor fundo de investimentos, pessoalmente falando não gosto da Caixa mas verdade seja dita, é uma das melhores instituições Financeiras do País.

Quem sabe assim o adiantamento do 13 não seria um problema.

Outra conta bem interessante a ser realizada é que se faltou 12 bilhões para fazer a antecipação do 13 , bem que poderiam vir dos 21 bilhões desviados da Petrobras, ou de sabe Deus o que ainda vai vir pela frente.

Verdade seja dita, o governo gasta e gasta mau, infelizmente os direitos constitucionais e os adquiridos por mérito como no caso dos aposentados e pensionistas do INSS não são respeitados. Quer ver um exemplo atual, gastaram mais de 12 milhões para construir a ciclovia da Paulista, não que eu seja contra, muito pelo contrário, mas não seria a mesma coisa que se ao invés de fazer uma compra de mercado para manter a minha família eu gasta-se no shopping? Agora imagine neste Brasil a fora quanto dinheiro é gasto com ações até que bacanas mas que no final das contas não são a necessidade do cidadão, o que adianta ter um ciclovia se quando vou ao Hospital não tem médico, não tem medicamentos e o atendimento é precário.

A cara de pau é tão grande que após a população paulistana ter sido consultada em relação ao transporte público ter demonstrando um crescimento na insatisfação  com o transporte público será inaugurado a ciclovia da Paulista.

Desculpem mas a impressão que parece é que o problema do transporte público será resolvido com todo mundo se movimentando pela cidade de bicicleta.

Voltando ao assunto principal e me desculpem pelo desabafo, a verdade é que agora nos resta esperar qual será a desculpa para o reajuste salarial dos aposentados e pensionistas do INSS no inicio do ano de 2016, será outra novela igual ao adiantamento do 13, podem apostar que sim!

Trabalho com aposentados desde 2003 com o inicio do empréstimo consignado, e aprendi a compreende-los e no nosso dia a dia acabamos sofrendo juntos, dividindo frustrações, alegrias e ansiedades, mas o fato é que pessoalmente fiquei muito triste com o adiantamento do 13 dado pelo governo, sabemos que em muitas situações são os aposentados e pensionistas desse Brasil a fora que mantém as vezes 5, 6 pessoas dentro de uma casa e muitos deles continuam trabalhando e saber que estão pagando por um erro que não foi deles é muito doloroso.

Levantar a Cabeça e dar a volta por cima

Bom está decidido o adiantamento do 13 salário e assim será, agora é encarar de frente a realidade e fazer contas, sim! fazer contas, recomendamos que antes de fazer empréstimo ou sair gastando, faça contas, programe da melhor forma seu 13 salário, mesmo que seja 25% se possível guarde, ou quite aquelas contas onde os juros são maiores, faça um estudo com muita serenidade e bola pra frente, afim dos filhos teus não fogem a luta.

 

13 salário dos aposentados do INSS 2015

Apesar de muita especulação sem sim ou se não terão a antecipação do 13 salário este ano o INSS ainda não se pronunciou a respeito, muito menos fontes oficiais como o governo federal.

Devemos tomar muito cuidado com as noticias geradas ultimamente, muitas delas tem motivação politica, o que acaba gerando um caos desnecessário entre aqueles que necessitam de receber seu 13 salário antecipado.

Veja bem! não estamos defendendo o governo, muito pelo contrário, mas acreditamos que agora não é hora de publicar informações sem antes telas confirmadas pelo próprio INSS.

13 Salário antecipado x Crise de Confiança

A crise de confiança no Governo, a crise econômica e motivações politicas tem impulsionado o NÃO, alguns fatos são reais e devemos nos preparar para entende-los o que justifica o boato.

Não é de hoje que movimentos populares vem minando a confiança do governo, seja através dos barulhentos “panelaços” ou manifestações públicas, o mais interessante é que esse movimento começou em 2013 e mesmo assim tivemos 51% de votos que re-elegeram o atual governo, vai entender!!! contudo e infelizmente o governo está tendo de fazer ajustes no orçamento e a pergunta sempre fica “Quando isso vai acabar impactando em mim?”, hoje os aposentados e pensionistas fazem a mesma pergunta e se não tiver a antecipação da primeira parcela do 13 salário terão a resposta.
A falta de recursos com a baixa arrecadação de impostos e os altos custos da maquina do Governo são os principais fatores que podem levar o governo a não liberar a primeira parcela do 13 salário que vem a anos dando um folego no orçamento dos aposentados nessa época.

Outro fator é a politica adotada pela oposição de negativismo absoluto, não que eles estejam errados nas afirmações e sinceramente falando acredito em todas as declarações, contudo não há de se negar que esse tipo de cenário favorece boatos que envolvam questões populares que desfavoreçam a postura do governo e por falar de 13 salário as noticias estão bombando.

Ainda existem esperanças

O lado bom da história é que até o momento que estou publicando este artigo nada foi divulgado oficialmente, e será que o governo vai querer comprar mais essa briga? Tudo bem que sabemos que as vezes o inevitável é impossível de mudar, mas fica a pergunta e essa é para mim “Quando vai chegar a minha vez?”, fazer essa pergunta é se colocar ao lado dos milhares de aposentados e pensionistas do INSS nessa hora de angústia.

Como diz minha mãe “Não vamos sofrer por antecedência”.

 

Suspenso Empréstimo Consignado SIAPE

As operações com servidores federais da ativa, aposentados e pensionistas estão suspensas devido ao envolvimento da empresa do grupo Consist (Consist Business e SWR Informática) que fornecia o software para as averbações de empréstimo consignado e cartões de crédito.

Conforme noticiado a nível nacional a Policia Federal prendeu o presidente da empresa Consist alegando suposto envolvimento em corrupção com o governo federal.

A suspensão das operações de crédito afetam a milhares de servidores que tentam realizar alguma operação de crédito gerando um enorme desconforto e muita dor de cabeça.

Como o SIAPE suspenso posso Refinanciar meus contratos?

Infelizmente todas as operações de crédito foram afetadas, tanto quem desejava realizar um empréstimo novo, quanto Refinanciamento ou até mesmo a portabilidade esta suspenso por tempo indeterminado.

Operações em Andamento

Quem possui um empréstimo em andamento não muda nada, será descontado o valor da parcela normalmente  prejuízos para o servidor, o fato de estar suspenso as operações de empréstimo não paralisam o debito das parcelas.

Quitação antecipada dos empréstimos.

Para ocorrer a quitação é necessário que seja baixada as parcelas do empréstimo consignado, com a Consist fora alguns bancos não estão conseguindo realizar a baixa do contrato e por esse motivo suspenderam a quitação até terem uma solução definitiva para o problema até nisso atrapalha o SIAPE estar suspenso.

Cartões de Crédito Consignado SIAPE

Quem já estava preocupado com a demora na liberação do cartão de crédito consignado, que foi recentemente liberado para os servidores do SIAPE, vão ter que esperar mais um pouco, com a Consist fora e ainda não tendo uma substituta para ela, todas as operações de crédito foram suspensas inclusive o Cartão de crédito consignado.

Luz no Fim do Túnel

Apesar de ser uma situação que preocupa muito existem muitas empresas atualmente que realizam este tipo de serviço e com muita competência por sinal e temos informações que essa alteração será rápida, o que ajudaria muitos servidores com o convênio suspenso bem após a liberação de cartões de crédito para a categoria.

Toda Mudança geral apreensão

Neste mercado existem muitos sistemas de gerenciamento, nós como correspondentes conhecemos vários e particularmente a Consist tinha um dos mais rápidos sistemas de averbações do mercado, contudo empresas como a  ZetraSoft possui um sistema muito bom e similar, basta saber quem será o substituto vamos torcer para ser uma empresa que consiga atender o servidor com a mesma agilidade da Consist e o mais importante que essa transição seja rápida e que não gere mais transtornos para os servidores do SIAPE

 

Economia em tempos de Crise

O Brasil vem vivendo um momento muito difícil em sua economia e isso acaba refletindo em muitas famílias, desemprego, aumento da inflação e diminuição da renda são fatores cada vez mais evidentes.

O lado bom da crise são reflexões que acabamos fazendo para ajustar as contas a nossa nova realidade, afinal de contas somos um povo criativo.

Pesquise bem

Uma pesquisa recente mostra que o Brasileiro gasta mais com alimentação do que com qualquer outra coisa, então se deseja diminuir as contas um bom começar pelo Supermercado. Vai algumas dicas para você:

O primeiro passo é fazer uma lista de itens que você consome mensalmente com descrição de marca e quantidade.

Com a lista em mão verifique quais item você conseguiria comprar no atacado, geralmente no atacado o custo cai em torno de 25% em alguns casos.

Pesquise se você consegue utilizar produtos de marcas menos famosas.

Só estoque produtos NÃO perecíveis, evite desperdício jogando comida fora.

Uma boa pratica para evitar que seu orçamento estoure é sempre manter anotado todas as suas despesas do dia a dia, muitas pessoas acabam não fazendo isso devido a dificuldade em criar uma planilha, mas para quem não tem familiaridade com informática tenha sempre em mãos o bom e velho caderninho vai fazer diferença em sua economia familiar.

Em contato com o Senhor Walter um cliente nosso que entrevistamos ele nos disse que a nos utiliza um caderno de anotações e isso tem ajudado muito.

“Sou das antigas, hoje dia é tudo computador, mas pode acreditar o meu caderninho funciona até hoje e não largo dele por nada”.

Walter (Cliente do Portal Consignados)

Contas de Consumo

O aumento das tarifas em água, luz e telefone tem pego muita gente de surpresa e causando severas mudanças de hábitos, quando penso nisso lembro de hábitos que meus avós tinham, muitas vezes desprezava ou achava engraçado como a casa deles era escura, e a forma deles aproveitarem tudo, lembro como se fosse hoje minha avó descascava o abacaxi e com a casca fazia chá, ou quando ela aproveitava a acha do tanque para lavar o quintal, hoje eu entendo, na época deles tinha muitas dificuldades e mesmo após superarem o legado ficou, talvez seja a hora de adotar tais medidas para ajudar na economia familiar.

Nem tudo está perdido na economia Brasileira

Consultamos diversas empresas e questionamos quais medidas elas estavam adotando para ajudar seus clientes em políticas de redução de preços e já percebemos uma mudança significativa, atualmente existe um esforço muito grande para criar soluções que fujam das tradicionais mas que tenham como principal objetivo a redução de custo sem perder a qualidade nos serviços prestados, dentre estas empresas destacamos a Brastel uma empresa de telefonia que transformou a forma como se fala ao telefone,  com sua equipe de tecnologia conseguiu criar uma solução tão eficaz e com custo baixo que pode representar mais de 50% de economia comparado com empresas do mesmo setor, tomamos a liberdade de entrar em contato com a empresa e falamos com a Senhora Evelyn Ribeiro que nos respondeu que isso só é possível devido a esforço em gerir novas tecnologias que substituam as tradicionais com custos menores de manutenção e alta produtividade. Avaliamos as soluções e realmente funcionam, caso queiram checar basta acessar o site da empresa clicando aqui.

Moral da História

Ver o lado bom das coisas é um bom começo, reaprender a como consumir é um exercício que deve ser praticado, talvez seja a hora de sentar com os mais antigos e começar a escuta-los e temos toda certeza do mundo que com todos os esforços e medidas que estão sendo tomadas a crise será passageira e logo a economia se recupera.

Nós do portal consignados somos contra a política do pânico que está sendo adotada por alguns canais de comunicação, entendemos que o momento é difícil mas abaixar a cabeça e se abater não ajuda em nada a superar as dificuldades, a hora agora é de união e de muita criatividade, por isso, estamos trabalhando muito para pode trazer novidades que possam ajudar a você a superar a crise da economia, fique atento!!!

MP 681 Aprova 35% de Margem Consignável

Foi aprovado a MP 681 que muda a margem consignável de 30%(trinta porcento) para 35% (trinta e cinco porcento), mas muitas dúvidas a respeito destas mudanças ainda estão dando o que falar e para isso decidimos esclarecer algumas questões.

Com a MP 681 o que muda?

A margem consignável para empréstimo consignado continua sendo 30% (trinta porcento) , mas antes quem tinha cartão de crédito consignado optava por ter 20% (vinte porcento) de sua margem destinada a empréstimo consignado e 10% (dez porcento) destinado para cartões de crédito consignado, agora quem optar pelo ter o cartão de crédito consignado vai comprometer 5% (cinco porcento) de sua margem e ficará livre os 30%(trinta porcento).

Pra quem não quer o cartão de crédito nada muda, vai continuar podendo comprometendo os mesmos 30% (trinta porcento) de sua renda com empréstimos, conforme MP 681.

E os 10% já Averbados?

Quem estiver na regra antiga permanece na regra antiga, estuda-se a proposta de uma readequação na margem daqueles que já possuem os 10% (dez porcento) para 5% (cinco porcento), mas no momento ainda não tem nada definido a este respeito, em síntese continua com 20% (vinte porcento) para empréstimos e 10% (dez porcento) para cartões.

Como Vai Funcionar?

Para cada benefício é permitido apenas 1 (um) cartão de crédito e fica definido como limite 5%(cinco porcento) de margem exclusivos para seu limite de cartões, ainda não foi definido se será permitido saques com esse cartão, por enquanto ainda não pode sacar. Portanto é um cartão de crédito exclusivo para compras conforme MP 681.

O valor do limite do cartão pode chegar a 2 x (duas vezes) o valor da sua renda ou até 20 x (vinte vezes) a sua margem consignável dos 5% (cinco porcento).

A taxa de juros máxima cobrada para quem cair no rotativo ainda permanece a mesma podendo variar de banco para banco, no caso do BMG a taxa permanece 3,06% (três porcento e seis décimos).

Para quem deseja contratar um cartão de crédito consignado já pode faze-lo e apesar de ainda estar parametrizado  a MP 681 junto 0 INSS e Bancos a digitação das propostas já estão liberadas, a preferência na liberação é de quem pedir primeiro.

A documentação exigida e política de crédito continua o mesmo, o beneficiário pode apresentar apenas RG (Registro geral) ou documento oficial com validade em todo território nacional com foto, CPF (Cadastro de pessoa física) e Comprovante de residência atual.

Para quem tem um cartão de crédito convencional recomendamos que o troque pelo cartão de crédito consignado além de muitas vantagens como planos de pontos as taxas do rotativo são imensamente menores, um cartão de crédito c0nvencional pode cobrar até 15%(quinze porcento) de taxa de juros ao mês caso caia no rotativo, já o cartão de crédito consignado não passa de 3,06% (três porcento e seis décimos) por isso vale muito a pena para quem utiliza o cartão de crédito como forma de pagamento.

Aproveite  a MP 681 e peça já o seu cartão de crédito consignado.

Domésticas agora mudou a Lei| Portal Consignados

[et_pb_section][et_pb_row][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Lei Complementar das Domésticas” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Lei Complementar das Domésticas

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Recentemente foi aprovado a Lei complementar 150/2015, que regulamenta os novos direitos dos empregados domésticos em nosso país. Com diversas novidades a Lei Complementar 150/2015 igualou o Contrato de Trabalho dos empregados domésticos aos demais Contratos de Trabalho celetistas.

A Emenda Constitucional 72/2013, que na época passou a ser conhecida como PEC das domésticas já garantiu aos empregados domésticos diversos direitos, mas ainda haviam algumas restrições.

Com a nova Lei Complementar 150/2015, ao estabelecer uma série de garantias aos empregados domésticos como, por exemplo, o recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço todos devem ficar atentos pois a partir de agora há igualdade de direitos dos empregados domésticos e os demais empregados, vejamos:

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”do salário” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

O que mudou para as Domésticas

[/et_pb_text][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Do Salário

As domésticas agora tem direito garantido a receber um salário mínimo ao mês.

Horas Extras

O artigo 2º da lei dispõe que a duração normal do trabalho das domésticas não excederá 8 horas diárias e 44 semanais. Diante disso, o trabalhador doméstico tem direito a receber pelas horas extras trabalhadas.

Entretanto as primeiras 40 horas devem ser efetivamente pagas. No que tange as horas extras essas podem ser compensadas com folgas ou redução da jornada de trabalho em outros dias.

Em caso de remuneração da hora extraordinária esta será paga com o valor de no mínimo 50% superior da hora normal.

Adicional Noturno

Conforme disposto no artigo 14 da Lei Complementar, o trabalho noturno para os efeitos da lei, são executados no horário compreendido das 22h00 às 05h00.

Dessa forma quanto as empregadas domésticas desempenhar suas atribuições no horário noturno, fará jus ao recebimento do respectivo adicional no percentual de 20% sobre o valor da hora diurna.

Todavia, caso o empregador admitir a empregada doméstica, exclusivamente para trabalhar no horário das 22h às 05h00, o acréscimo será calculado sobre o salário anotado em sua CTPS.

Descanso Semanal Remunerado

É devido as empregadas domésticas descanso semanal remunerado de no mínimo 24 (vinte e quatro) horas consecutivas, preferencialmente aos domingos, além de descanso remunerado em feriados.

Férias

O empregado doméstico terá direito a férias anuais remuneradas de 30 (trinta) dias, com acréscimo de pelo menos, um terço do salário normal, após cada período de 12 (doze) meses de trabalho.

A novidade é que o período de férias poderá, a critério do empregador, ser fracionado em até 2 (dois) períodos, sendo 1 (um) deles de, no mínimo, 14 (quatorze) dias corridos.

FGTS

Conforme disposto no artigo 21 da Lei é OBRIGATÓRIA a inclusão das empregadas domésticas na conta vinculada de FGTS (8% sobre o salário), além da indenização de 40% do saldo do FGTS se for dispensado (a) sem justa causa.

Seguro Desemprego

Em caso de demissão sem justa causa, faz jus ao recebimento do seguro desemprego. A lei garante ao trabalhador o direito de receber o benefício por um período máximo de 3 meses, de forma contínua ou alternada, a cada período aquisitivo de 16 meses.

Salário Família

A nova lei criou as empregadas domésticas o direito ao salário-família, que é um benefício pago pela Previdência Social.

O empregado doméstico deverá comprovar que seus filhos de até sete anos estão com a carteira de vacinação em dia e que os filhos de 7 a 14 anos estejam frequentando a escola.

O trabalhador com renda de até R$ 725,02 receberá o valor de R$ 37,18, por filho de até 14 anos incompletos ou inválido. Quem ganha acima desse valor R$ 1.089,72, tem direito a R$ 26,20 por filho.

Seguro contra acidentes de Trabalho

As domésticas fazem jus a serem cobertas por seguro contra acidente de trabalho, conforme as regras da previdência.

A contribuição é de 0,8%, paga pelo empregador.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section fullwidth=”off” specialty=”off”][et_pb_row][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Conclusão

[/et_pb_text][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Diante da nova regulamentação dos direitos dos empregados domésticos todo devemos ficar atentos.Com a nova lei os empregados domésticos possuem os mesmos direitos de um trabalhador celetista que desempenha suas atribuições fora do ambiente familiar.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_counters admin_label=”Contadores em Barra” background_layout=”light” background_color=”#dddddd” bar_bg_color=”#f49f10″ use_percentages=”on” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”][et_pb_counter percent=”70″]Aumento de Beneficios[/et_pb_counter][/et_pb_counters][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Insalubridade no trabalho pode aumentar o salário do INSS

Quem trabalha sobre condições de insalubridade e contribui mensalmente ao INSS terá uma alternativa de aumentar sua aposentadoria, mesmo que não tenha completado o tempo mínimo para ter sua aposentadoria especial, que sai antes, é possível usar os períodos insalubres e aumentar a contagem para o pedido do benefício por tempo de contribuição, em que há desconto do fato previdenciário, que diminui o benefício de quem se aposenta cedo. Adiando seu pedido de aposentadoria por exemplo em 5 (cinco) anos, poderá ter uma aumento em seu benefício de até 22,76% (conforme fonte do jornal Agora).

Atualmente os Brasileiros se aposentam com 53 anos de idade e 35 anos de contribuição e tendo uma média de defasagem dos últimos 5 anos de contribuição que pode chegar em até 33,42% a menos, idade baixa comparado com países da Europa por exemplo que a média é bem maior.

Com o envelhecimento do país, e com a má formação profissional das gerações atuais é cada vez mais presente a necessidade de profissionais com faixa etária maior, por sua disciplina e engajamento profissional. Já existem empresas Brasileiras preocupadas com a falta de profissionais com a experiência de tais profissionais. Por mais que seja a tão esperada aposentadoria de uma vida toda é muito importante salientar o bem pessoal e a importantíssima contribuição que tais profissionais podem dar a gerações atuais. Existem estudos científicos que dizem que trabalhar após os 50 ajuda até mesmo na saúde física e mental. Na Europa a crise foi tão grave que existe uma grande preocupação com a formação profissional da geração “Y”e “Z”, que estão em média 30% menos capacitados que a geração dos cinquentões.

Por este motivo repense muito bem em estender sua contribuição para obter um salário mais alto, pois outro reflexo negativo do envelhecimento de nosso país é a decadência do setor da saúde em atender a grande demanda que o espera, bem como a atual e o aumento dos valores pagos a planos de saúde por segurados.

Fonte ( Jornal Agora)

 

Aposentados e pensionistas podem sacar benefícios

Os aposentados e pensionistas da Previdência Social que recebem um salário mínimo começam a retirar nesta terça-feira (24) o benefício do mês de setembro. Na próxima semana, serão efetuados os pagamentos para quem recebe acima desse valor.

Segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), que os saques de benefícios podem ser feitos pela rede de caixas eletrônicos 24h e caixas eletrônicos dos bancos em locais públicos e de grande circulação, como shoppings, aeroportos, centros comerciais, entre outros.

Os beneficiários que não puderem contar com o atendimento prestado pela agência bancária em que têm conta corrente também poderão se dirigir a outra agência, do mesmo banco, que estiver aberta.

Os aposentados com dificuldade de usar o terminal eletrônico devem ser acompanhados por pessoas conhecidas ou parentes. Caso isso não seja possível, quaisquer pedidos de ajuda devem ser feitos somente a funcionários identificados do banco, e nunca a pessoas estranhas.

Limites

Existem caixas eletrônicos espalhados dentro e fora das agências bancárias, com limite de saque diurno variável conforme instituição financeira e saques noturnos limitados a R$ 300. A Federação lembra, ainda, que os terminais de autoatendimento dentro das agências bancárias funcionam até às 22 horas e, em locais de grande circulação, como shoppings e lojas de conveniência, durante 24 horas.

Dicas de segurança

1.    Antes de iniciar a transação, verifique na tela se o equipamento está ativo ou inoperante. Caso esteja inoperante, não insira seu cartão;

2.    Se o caixa eletrônico ou equipamento do banco no comércio estiver inoperante, não aceite oferta de estranhos de passar seu cartão em terminal avulso, mesmo que se apresentem como funcionários do banco. Fraudadores têm utilizado esse golpe para clonar (copiar os dados) cartões e obter senhas;

3.    Ao digitar sua senha, mantenha o corpo próximo à máquina, para evitar que outros possam vê-la ou descobri-la pelo movimento dos dedos no teclado. As pessoas atrás de você devem respeitar as faixas de segurança;

4.    Prefira utilizar os caixas automáticos instalados em locais de grande movimentação e, se possível, em ambientes internos (shoppings, lojas de conveniência, postos de gasolina etc.);

5.    Sempre que possível, faça seus saques no horário comercial, quando o movimento de pessoas é maior, evitando o período noturno. Quando precisar realmente sacar dinheiro à noite, leve um ou mais acompanhantes adultos para que fiquem fora da cabine, como se estivessem na fila;

6.    Nunca aceite ou solicite ajuda de estranhos, mesmo que não lhe pareçam suspeitos;

7.    Esteja atento à presença de pessoas suspeitas ou curiosas no interior da cabine ou nas proximidades. Na dúvida, não faça a operação;

8.    Caso não consiga concluir uma operação, aperte a tecla ANULA ou CANCELA;

9.    Em caso de retenção do cartão no caixa automático, aperte a tecla ANULA ou CANCELA e comunique-se imediatamente com o banco. Tente utilizar o telefone da cabine para comunicar o fato. Se ele não estiver funcionando, pode ser que haja uma tentativa de golpe. Nesses casos, nunca aceite ajuda de desconhecidos, mesmo que digam trabalhar no banco, nem digite senha alguma na máquina;

10. Cuidado ao utilizar telefones de terceiros desconhecidos, especialmente os celulares, para comunicar-se com o banco, pois os dados de sua conta e senha ficam registrados na memória do aparelho. Além disso, você poderá não estar falando com um representante do banco;

11. Não se preste a receber créditos de pessoas desconhecidas em sua conta. Propostas desse tipo são feitas por golpistas, nas proximidades de caixas automáticas e de agências;

12. Desconfie de vantagens financeiras ou dramas familiares que lhe sejam apresentados por desconhecidos na fila do caixa automático, especialmente propostas de utilização de sua conta para transferência de valores.

Fonte R7

 

BMG Empréstimo com desconto em folha

Empréstimo com Desconto em Folha para Você

Muitas pessoas atualmente que procuram por empréstimos se perguntam, Qual a melhor opção em empréstimo? Acabam chegando a conclusão que empréstimo com desconto em folha é uma excelente opção pela facilidade na aprovação, taxas de juros menores e prazos maiores, além de ter o conforto do desconto ser feito através da folha de pagamento, o grande problema que muitas vezes enfrentam é que este tipo de empréstimo não está disponível a todos, os convênios mais comuns atualmente atendem os aposentados e pensionistas do INSS, Servidores Federais  e Servidores Municipais

Muitas empresas estão descobrindo as vantagens de oferecer aos seus funcionários a opção de empréstimo com desconto em folha para seus funcionários, neste caso a Empresa procura um Banco de sua preferência, como por exemplo o Banco BMG ou ITAU, e se cadastra junto ao Banco para poder proporcionar aos seus funcionários tais benefícios. Além do prazo mais flexível, a taxa de juros é infinitamente menor que uma modalidade de crédito pessoal que pode chegar em até 20% ao mês, já no empréstimo com desconto em folha não passa de 2% em média. Confira as taxas de juros cobrado no mercado consultando o site do Banco central Clicando aqui.

Modalidade de Empréstimo Consignado BMG

  • Empréstimo Novo
  • Refinanciamento
  • Portabilidade

Cartão de Crédito Consignado

O portal consignados é um correspondente autorizado do Banco BMG e tem todas as soluções em empréstimo consignado para você, descubra qual se encaixa a você. Através de um sistema moderno e fácil, aqui você pode simular seu empréstimo sem precisar sair de casa. Nossos analistas estão preparados para realizar pesquisas personalizadas onde avaliamos todas as possibilidades de crédito para você.

Público Atendido

A modalidade de empréstimo consignado do Banco BMG atende aos seguintes públicos:

  • Aposentados e Pensionistas do INSS
  • Servidores Federais
  • Servidores Municipais
  • Servidores Estaduais

Verifique com seu RH se tem convênio com o Banco BMG e desfrute das vantagens de ser um cliente BMG.

Central de Atendimento Personalizado

Através de nosso portal você realizar simulações e solicitações e tirar suas dúvidas, mas preparamos para você uma central dedicada para quem gosta de um contato mais humano e personalizado, ligue agora mesmo para (011) 2626-6000.

 

Declaração do IRPF somente 16% entregaram

A multa por atraso de entrega é estipulada em 1% ao mês calendário até 20%. O valor mínimo é R$ 165,74. Um passo a passo com cada etapa da entrega está disponível na página da Receita. Basta o usuário clicar em cada ponto para obter mais detalhes. O prazo de entrega vai até 30 de abril.

Histórico de Declaração enviadas em 2013

No ano passado, 26.883.633 de contribuintes enviaram a declaração do IRPF até o fim do prazo. O número ficou aquém do esperado pela Receita na ocasião, 27 milhões de formulários. Em 2013, 26,1 milhões de pessoas físicas entregaram o documento.
Quanto antes o contribuinte entregar a declaração, com os dados corretos à Receita, mais cedo receberá o valor correspondente à restituição. Têm prioridade no recebimento pessoas com mais de 60 anos de idade, contribuintes com deficiência física ou mental e os que têm doença grave.

Multas por atraso

A multa por atraso de entrega é estipulada em 1% ao mês calendário até 20%. O valor mínimo é R$ 165,74. Um passo a passo com cada etapa da entrega está disponível na página da Receita. Basta o usuário clicar em cada ponto para obter mais detalhes. O prazo de entrega vai até 30 de abril.

Restituições

Ao fazer sua declaração de imposto de renda, fique atendo aos prazos de restituições ou pendências em sua declaração, para  isso recomendamos que acesse o site da receita federal e informado os dados de sua declaração terá acesso aos lotes de restituições, caso tenha se esquecido de alguma informação ou dado importante faça a declaração retificadora e fique em dia com o Leão.

Antecipação de Restituições

Muitos bancos e instituições financeiras oferecem linhas de crédito e com a prerrogativa que irá pagar com a sua restituição do imposto de renda, mas cuidado, muitas vezes é a forma utilizada para atrair mais clientes em um momento que todo mundo está preocupado em receber parte do imposto que foi pago. Procure somente os bancos oficiais como caixa econômica federal ou Banco do Brasil e desconfie se alguma financeira lhe oferecer tal proposta, leia atentamente o contrato principalmente o CET (Custo Efetivo total), operações como empréstimo consignado não tem essa possibilidade por isso descarte se lhe for oferecido.