fbpx
(11) 2626-6000

Plano de Investimentos: o caminho para realizar seus sonhos

Faça o seu Plano de Investimentos com as dicas que daremos abaixo

Realizar um grande sonho não é fácil pra ninguém. Imagina então se pensarmos em tudo o que queremos na vida, como fazer uma faculdade ou pós-graduação, comprar uma casa, comprar um carro ou trocá-lo, ou ainda, pagar a faculdade do filho ou garantir uma aposentadoria adequada pra gente?

Neste texto, vamos te ensinar a colocar seus sonhos lado a lado e fazê-los caber no seu orçamento. O nome disso é Plano de Investimentos.

Esse aprendizado é fundamental porque muita gente, por não planejar direito, acaba tomando o caminho mais comum para realizar seus objetivos, o caminho da dívida.

Com isso, a maioria das pessoas passa a vida pagando juros para bancos e, por isso, acaba fazendo muito menos coisas do que se investisse bem o seu dinheiro.

Podemos lhe ensinar como Fazer seu Dinheiro Render Mais?

Antes do plano de investimentos, faça sua reserva

Mas, antes mesmo de começar seu plano de investimento, uma dica da qual já falamos: crie uma reserva de emergência. Ou seja, mantenha guardado, em um investimento de boa liquidez, o equivalente a pelo menos três meses do seu salário.

Isso é o que vai garantir um “colchão” que vai te manter seguro e evitar que você quebre seu plano de investimento em uma eventualidade. E se gastar a reserva, tenha como prioridade completá-la!

Agora que já entendeu a importância da reserva, vamos aos passos que ajudarão você a tornar vários sonhos em realidade.

Nove passos para um bom Plano de Investimentos

Veja abaixo quais são os 9 passos para realizar um Plano de Investimentos que seja eficaz:

Defina bem sua capacidade de poupador

O primeiro passo de um bom plano é saber quanto você pode e está disposto a guardar todo mês. Essa é uma informação muito importante, pois envolve por exemplo você gastar menos em coisas que você gosta para guardar o dinheiro.

Caso você não tenha conseguido separar ainda um valor mensal para poupar, te ensinamos a economizar para investir e como ganhar mais. Contudo, é importante também monitorar seus investimentos com o objetivo de não perder dinheiro e saber exatamente o que está fazendo.

Para efeito dos próximos passos, vamos imaginar que você consegue poupar todos os meses um valor de R$ 1.500.

Faça um orçamento cuidadoso de cada sonho seu

O primeiro erro de quem começa a planejar um sonho é não saber exatamente o seu custo. Não caia nessa. Levante tintim-por-tintim o custo de cada sonho seu. De quebra, coloque um desconto de 10% à vista no valor, pois essa é a média que você consegue quando paga à vista!

Para os próximos posts, vamos imaginar que você tenha os seguintes sonhos, já com o orçamento com desconto:

  • Viagem à Europa: R$ 40.000
  • Pagar um intercâmbio para a filha (hoje com 10 anos): R$ 20.000
  • Trocar de carro: R$ 20.000
  • Reformar o apartamento: R$ 30.000
  • Aposentar-se com uma renda de R$ 2.000

Divida seus sonhos entre os “com prazo” e “sem prazo”

Há sonhos que têm prazo certo. São aqueles que não podem esperar, como uma festa de aniversário ou uma viagem em uma data importante. Identifique esses sonhos, pois eles precisam entrar primeiro no seu plano, ou correm o risco de não acontecerem.

No nosso exemplo, sonhos assim são o intercâmbio caso seja feito no ensino médio (no caso, daqui a 7 anos), e a aposentadoria, que vamos estipular em 25 anos. Os outros seriam “sem prazo”.

Escolha um bom investimento para cada sonho “com prazo”

No texto “Um título para cada sonho”, ensinamos certinho como escolher um investimento adequado de acordo com cada tipo de objetivo. Uma dica muito importante para isso é conhecer o prazo de maturação dos investimentos, que é a característica que permite a você ter o maior rendimento possível com seu investimento.

Para a aposentadoria, escolhemos um título IPCA+ 2045. Em nosso texto sobre cada título do Tesouro Direto, explicamos certinho essa escolha. A prestação para esse sonho seria de R$ 1055, já considerando a inflação.

Para o intercâmbio, escolhemos o IPCA+ 2024, que exige 84 prestações de R$ 363 para chegar ao valor já atualizado pela inflação, ou seja, R$ 25.862.

Encaixe os sonhos no orçamento, começando pelos “com prazo”

Aqui você soma as prestações dos investimentos e compara com sua capacidade de poupador. No nosso exemplo, somando as prestações de R$ 363 e de R$ 1.055, você tem um custo mensal de R$ 1418. Isso é uma má notícia, pois, se sua capacidade de poupar é de R$ 1.500, sobrou só R$ 82 por mês para os outros sonhos.

E se os sonhos “com prazo” tomarem todo o orçamento?

Se você mantiver seu orçamento desse jeito, não vai fazer mais nada. Neste caso, as saídas são básicas:

Reveja seus orçamentos, buscando economizar.

Será que o intercâmbio pode ser por um período mais curto? Talvez para um país com custo menor? Avalie as opções, tome decisões cuidadosas e não deixe de realizar seu sonho!

Reavalie sua capacidade de poupador.

Seus cálculos estavam certos? Será que você não consegue rever seu orçamento mensal para guardar um pouco mais?
Para nosso exemplo, vamos considerar que você resolveu atrasar a aposentadoria em 5 anos, baixando o valor por mês para R$ 800,00. Além disso, enxugou o orçamento do intercâmbio, baixando a prestação para R$ 280,00.

Por último, revisou o orçamento mensal e conseguiu chegar a R$ 1.700 de capacidade poupadora. Ou seja, agora tem, para os outros sonhos, R$ 620 por mês.

Priorize seus sonhos “sem prazo” e distribua-os no tempo

Você quer reformar um apartamento, trocar de carro e viajar. Uma boa ideia é somar grosseiramente os valores desses sonhos (R$ 90.000) e dividir pela sua sobra mensal para poupar (R$ 620).

Isso te dá uma ideia máxima de quantos meses levará para realizar os três objetivos, ou seja, 145 meses, ou 12 anos.
Neste ponto, pense o que precisa ser feito primeiro e calcule quanto tempo leva para realizar o sonho, usando simuladores como o do Tesouro Direto.

Por exemplo, digamos que você quer primeiro trocar o carro. Neste caso, vai levar em torno de 32 meses para juntar o dinheiro, se usar somente o seu valor mensal disponível.

Assim, reformar o apartamento e viajar ficariam para a sequência. Calcule da mesma forma e garanta o espaço de todos os seus sonhos no seu Plano de Investimento!

Além dessas dicas, temos algumas finais para você fazer um Plano de Investimento certeiro! Vamos lá?

Dicas finais para seu plano sair do papel!

Não engane a você mesmo

Não superestime a sua capacidade de poupador. Se você consegue guardar R$ 500, não coloque que vai guardar R$ 1.000, a não ser que saiba exatamente o que cortar.

Priorize investimentos de longo prazo

Eles pagam juros altos e ajudam você. Se vai trocar de apartamento daqui a 10 anos, comece já a guardar nem que seja um pouquinho por mês. Faz toda a diferença!

Faça já!

Não deixe de fazer seu plano porque está com pouca capacidade de juntar. Muitas vezes, uma perspectiva de realizar seus sonhos no médio prazo é o que faz a diferença para você rever suas finanças e começar a juntar.

Esperamos que tenha gostado das nossas informações de hoje. No próximo texto, traremos dicas para você monitorar os seus investimentos e saber em que pé está a realização do seu sonho. Até lá!

Podemos te ajudar a Viver de Renda

Investimentos Plano de Investimentos: o caminho para realizar seus sonhos