Com as novas regras do INSS, os pensionistas podem fazer empréstimo consignado, contudo somente para quem tem mais de 43 anos. Agora se você tem menos de 44 anos e recebe pensão existe uma solução sim!

Mas antes de tudo é importante entender as mudanças no INSS em relação às pensionistas para que você entenda o porquê desta restrição aplicada pelas instituições financeiras, a chamada e tão temida “política de crédito”, estão impedindo você de contratar seu empréstimo consignado.

O que mudou para os pensionistas?

Com as mudanças na Lei 13.135 os pensionistas dependendo da idade não irá mais receber pelo resto da vida seu benefício do INSS, com a nova lei ficou assim:

  • 3 anos, para pensionistas com menos de 21 (vinte e um) anos de idade;
  • 6 anos, para pensionistas entre 21 (vinte e um) e 26 (vinte e seis) anos de idade;
  • 10 anos, para pensionistas entre 27 (vinte e sete) e 29 (vinte e nove) anos de idade;
  • 15 anos, para pensionistas entre 30 (trinta) e 40 (quarenta) anos de idade;
  • 20 anos, para pensionistas entre 41 (quarenta e um) e 43 (quarenta e três) anos de idade;
  • vitalícia, para pensionistas com 44 (quarenta e quatro) ou mais anos de idade.

Como a falta de informação junto ao INSS é muito grande e ainda não se tem uma definição exata de quando começa a valer exatamente a reforma na previdência pois depende de aprovação no congresso, muitas instituições financeiras não definiram uma regra específica para as pensões.

Somente após a reforma ser concluída e sacramentada poderemos saber se nos casos onde o prazo do contrato está na carência será aceita pelos bancos nos empréstimos para pensionistas abaixo de 44 anos.

Atualmente nem mesmo argumentar apresentando um documento oficial da previdência salva os casos que identificamos diariamente passíveis de empréstimos consignados para pensionistas, se considerar o término do benefício x prazo do contrato.

Contudo existem alternativas para você que tem menos de 44 anos e vamos explicar como pode mesmo com idade mínima como por exemplo 21 anos fazer um consignado para pensionistas.

Então quem recebe pensão por morte pode fazer empréstimo?

Sim pode! Mesmo com idade inferior a 44 anos, mas para isso vamos entender que o consignado não é limitado apenas para empréstimos.

O consignado está dividido em dois produtos, o empréstimo consignado e o cartão de crédito consignado, e é exatamente pelo cartão que os pensionistas poderão obter crédito.

Algumas instituições fazem o cartão e dá a opção de depositar o limite do cartão na conta, ou seja, ao invés de utilizar o cartão como se utiliza normalmente, poderá utilizar como um empréstimo.

O único problema é que o rotativo do cartão é de 3,06% a.m mas ainda bem menor que uma operação de empréstimo pessoal que vai de 6% a 18% ao mês. O carão é uma ótima opção para os pensionistas que precisa juros menores!

Se você não tem alternativa o Saque do Cartão em forma de empréstimo é a melhor saída. Mas como vai pagar isso é outra história, e como não gosto de deixar pontas abertas, vou explicar para você.

Pagamento do Cartão de Crédito para pensionista
O Cartão de crédito consignado é cobrado da seguinte forma:

  • 5% descontado em folha
  • Saldo restante paga no boleto

Para exemplificar melhor seria assim, digamos que sua margem dos 5% seja R$ 100,00 e você sacou R$ 1.000,00. Será cobrado da seguinte forma:

  • Desconto em folha = R$ 100,00
  • Boleto Bancário = R$ 900,00

O recomendável é sempre pagar algum valor no boleto, até porque nesta modalidade você não precisa pagar o total da fatura, pode pagar qualquer valor. Pensionistas considerem essa dica!

Para que possa entender a evolução da sua dívida criamos o seguinte cenário, levando em consideração um pagamento avulso no boleto no valor de R$ 50,00 baseado no exemplo acima a evolução da sua dívida ficaria assim:

pagamento do cartão de crédito consignado para pensionistas

Matematicamente com apenas 8 pagamentos regulares no valor de R$ 150,00 você ficaria positivo, ou seja com crédito no cartão no valor de R$ 87,73. Na planilha acima matematicamente seria possível, contudo na realidade no 7 pagamento já teria apenas um saldo de R$ 12,27 a pagar.

Se levar para os juros compostos, que é a forma que se calcula um empréstimo teríamos a taxa de juros de 1,23% o que é bem menor que um empréstimo consignado para pensionistas. Nada mau né!

Contudo, para ser bem sucedido nesta operação, considere que estamos pagando no boleto 50% do valor descontado em folha, o que é uma ótima base para você! se pagar menos que isso os juros sobem, mas mesmo assim vale super a pena.

Às vezes um problema pode ser resolvido se considerar outros pontos de vista, o objetivo do portal consignados é esse, levar informação relevante ao público que contrata consignado.

quem recebe pensão por morte pode fazer empréstimo mas tenha cautela

Considere sempre a opção de não recorrer a um empréstimo, mesmo com taxas de juros mais baixas o consignado sempre deverá ser seu último recurso, antes disso recomendamos que negocie um parcelamento direto com seu credor.

Ao negociar com seu credor tente fazer sem juros, ou com juros menores que você pagaria em um banco. Ofereça juros de poupança é uma boa base, mas caso não dê certo, o consignado entre todas as outras formas de se conseguir um empréstimo, ainda é a melhor opção para você.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com