fbpx
(11) 2626-6000

Paguei a primeira parcela. Posso realizar outro empréstimo? Esta pergunta é muito comum entre os consumidores de empréstimos consignados.

Paguei a primeira parcela – Quais são minhas chances?

O Empréstimo Consignado tem características bem definidas, conforme convênio e instituição financeira e, para responder a esta pergunta, é importante considerar:

  • Regra do convênio
  • Política de crédito
  • Saldo matemático

Todas as condições de se refazer um empréstimo ou de contratar um novo, deverão sempre ser consideradas de forma muito consciente.

Regra do Convênio

Cada convênio tem regras específicas para a contratação de um empréstimo consignado.

Por exemplo:

O INSS, que ao liberar o empréstimo para seus segurados, realiza uma ATA. ATA é uma espécie de regras e condições permitidas para seus segurados. As instituições financeiras, por sua vez, deverão seguir estas regras na concessão de crédito aos segurados.

Uma das condições do INSS é a quantidade máxima de contratos que não pode ser superior a 6 (seis) contratos por benefício.

Caso o segurado tenha 6 (seis) contratos e, mesmo possuindo margem, o próprio INSS não autoriza a liberação de mais um empréstimo.

Portanto, se paguei a primeira parcela de meu empréstimo, mas já tenho a quantidade máxima de contratos, não poderei ter mais um.

Política de Crédito

Em muitos bancos, a de Política de crédito é na verdade condições as quais o cliente não pode estar enquadrado para poder contratar seu empréstimo. As principais políticas de crédito são:

  • Idade
  • Ser devedor na própria instituição
  • Limite de Crédito

O Banco possuí do próprio convênio dados estatísticos de mortalidade. Com esta informação, fica limitado uma idade máxima para a contratação de empréstimos. Em alguns casos, a idade limite não pode ser superior a 79 anos.

É muito comum o cliente ter um dívida não paga em uma instituição financeira. Com a aquisição de bancos e fusão de outros, muitos clientes não sabem por exemplo que o BMG faz parte do grupo Itaú. Ao ter um cheque especial vencido ou um empréstimo pessoal não pago, o banco não libera o empréstimo, mesmo tendo todas as condições para isso.

As instituições financeiras limitam o crédito conforme faixa de idade. São casos raros, até porque os limites são bem expressivos. Porém, existe a chance sim de você se enquadrar nesta condição. Com isso, terá seu crédito negado. A solução é bem simples. Contudo, basta procurar outra instituição a qual ainda não tenha realizado um empréstimo ou que se enquadre dentro do limite de crédito dela.

Saldo Matemático

É comum escutar do cliente dizer “Mas já paguei 1o porque não posso refinanciar?”.A verdade que o empréstimo consignado é calculado conforme tabela price, ou seja, cada pagamento realizado é amortizado do saldo devedor.

Mas é importante lembrar também o que exatamente compõem seu saldo devedor, o chamado CET (Custo Efetivo Total). Ademais, seu Empréstimo compõem das seguintes taxas:

  • Taxa de Juros
  • IOF
  • Carência inicial

Apesar de ser baixa, a taxa de juros, IOF e carência inicial aumentam seu saldo devedor. Contudo, considerando os pagamentos regulares se tem um saldo positivo após ter pago pelo menos 10% do prazo do seu contrato.

O Saldo positivo é a diferença entre um novo contrato considerando o mesmo valor da parcela e seu saldo devedor, é mais ou menos isso:

(Novo Contrato) – ( Saldo Devedor)

Lembre-se que o que muitas vezes pode interferir é a taxa de juros contratada e a taxa de juros atual. Contudo, este tipo de operação geralmente chamada de Refinanciamento tem que estar em condições iguais ou melhores para que dê certo.

Paguei a primeira parcela mas já tenho o total de empréstimos permitidos. Quais são minhas possibilidades?

Refinanciamento

O refinanciamento seria uma opção para aqueles casos aonde já se atingiu a quantidade máxima de contratos. Só é permitido quando se tem uma quantidade mínima de parcelas pagas. No entanto, as instituições financeiras entendem que o mínimo tem que se ter pago é 30% do prazo do seu contrato para liberar o refinanciamento.

É condicionado desta forma devido ao lucro da operação. As instituições financeiras alegam que mesmo havendo saldo antes a operação, ela ainda está cobrindo seu custo e, por isso, mesmo havendo saldo matemático antes dos 30%, só se libera esta possibilidade com a quantidade certa de parcelas pagas.

Portabilidade

A portabilidade muitas vezes é colocada para o cliente como a solução de todos os seus problemas. Contudo, se o cliente pagou duas ou três parcelas, lhe é oferecido uma portabilidade com a promessa de mais crédito. CUIDADO!

Não existe milagre neste setor, nem promoções malucas como se vê em lojas de departamento. Ademais, o que é feito na maioria dos casos é a seguinte equação:

(Valor do Contrato) – (Saldo Devedor)

Fique atento e solicite que seu agente faça pelo menos uma projeção de valores. Sempre leve em conta o valor do contrato que está sendo realizado.

Portanto, se paguei a primeira parcela do meu empréstimo e, mesmo assim um outro contrato não cobre, a portabilidade não é para mim.

Lembrando que o saldo devedor do seu empréstimo é corrigido diariamente. Como não se tem uma data exata que está sendo quitado seu empréstimo em outra instituição, existem diferenças de 10% para mais ou para menos nos valores apresentados muitas vezes pelo seu agente.

Conclusão

Considere sempre a melhor opção para você. As vezes, um refinanciamento ou portabilidade nem sempre são os melhores caminhos. Contudo, solicite sempre uma analise antes e considere as condições que estão lhe sendo oferecidas.

No entanto, não existe carência entre um pedido de empréstimo para um outro, mas existem condições que deverão ser consideradas para que seja realizado afim de resolver o seu problema.

Você sabia que o Portal Consignados é especialista em empréstimo consignado?

Com mais de 17 anos no Mercado de Empréstimo Consignado e com uma equipe treinada para lhe auxiliar na melhor decisão, no entanto o Portal Consignados trabalha em parceria com diversos bancos para lhe oferecer sempre o melhor negócio.

Contrate seu empréstimo consignado clicando aqui

Dúvidas Paguei a primeira parcela – Posso realizar outro empréstimo?