Como evitar fraudes no empréstimo Imobiliário

23/05/2018

Uma das maiores dores de cabeça de qualquer tomador de empréstimo com garantia de imóveis é deparar-se com seu patrimônio prejudicado.

O que muita gente não sabe, é que empresas que prestam esses serviços precisam ter contrato com os bancos representados. No entanto, muitos “operadores” representam informalmente esse produto.

“Apesar da grande vantagem de juros do empréstimo com garantia de imóveis, a operação pode se tornar um tormento nas mãos de amadores”- É o que nos diz Andre Ruston, da Ruston SF,  Servicos Financeiros.

Segundo o fundador, que já está no mercado a mais de dez anos, e participou da inauguração das primeiras lojas do BM Sua casa em São Paulo, a vantagem exige cuidados:

“Muita coisa mudou em dez anos, e justamente por  tratar-se da operação com menor juros real no país, é o serviço atrai pessoas que abusam  da inocência dos clientes”

Ele lista seia passos para uma operacao bem realizada para quem deseja contratar empréstimos com garantia imobiliária em 2018.

1.Verifique com o banco se o operador esta credenciado.

Parece bobagem, mas muitas pessoas não fazem essa verificação. Isso por si só já evitaria 80% dos problemas. Não envie documentos para operadores não credenciados.

2. Verifique com o operador, se seu imóvel está adequado para servir de garantia.

Mais uma vez, algo nem sempre cogitado, e diga-se de passagem, descobrir ao final de todo processo que voce não se enquadra é  bem desagradável. Problemas como área da matrícula discrepante do IPTU, imóvel multifamiliar, zonas de não atendimento podem ser evitados.

3. Verifique se o banco da operação de empréstimo com garantia de imóveis guia-se por “Score”.

Recomendo fugir de bancos que se guiam por Score. A razao é simples: De 100 clientes, apenas 1 irá passar, e voce vai levar 30 dias para descobrir, talvez tarde demais.

4. Verifique se o banco do empréstimo com garantia de imóveis aceita Serasa.

Nem todos bancos são tolerantes com Serasa. Isso sera visto pelo analista do banco quando sua documentação estiver completa no sistema. Evite isso simplesmente perguntando desde o inicio.

5.Evite promessas de emprestimo com garantia de imoveis que pegam qualquer tipo de imóvel.

A realidade é que o banco precisa da matrícula do imóvel para alienar a garantia. Imóveis rurais não permitem isso. Imóveis multifamiliares permitem mas são um transtorno jurídico em caso de retomada. Logo, pode correr dessas promessas, ou ligar diretamente ao banco.

6. Evite operações onde voce não tem acesso ao sistema.

Hoje já é muito comum, o banco fornecer ao cliente um espelho do sistema, onde o cliente acompanha da sua casa ou do seu telefone toda a operação. Bancos sem esse dispositivo serão nebulosos. Pode esperar documentos duplamente solicitados, demora nas respostas, e muita dor de cabeça.

Estes seis passos irão evitar que seus documentos caiam em mãos erradas, que você perca tempo, que gaste energia a toa.  É que pague caro demais por um tipo de empréstimo rico em opções no mercado.

André Ruston

Autor do Portal Consignados

Subscribe
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
O que achou do post? Por favor, comente!x
()
x