(11) 2626-6000

          Uma das mais utilizadas modalidades de crédito é o empréstimo pessoal com cheque. Contudo, apesar de há anos estar sendo comercializada, muitas pessoas ainda tem dúvidas. Por este motivo, tomamos a liberdade de explicar de forma bem simples e prática algumas particularidades sobre essa modalidade e te ajudar a evitar a cair em apuros.

          O que é Empréstimo Pessoal com Cheque?

          Como toda modalidade de crédito, o empréstimo pessoal com cheque é sujeito a uma analise de crédito. No entanto, nela é avaliada a capacidade de pagamento, restrições e tempo de conta.

          Estando com o crédito aprovado, serão estabelecidos prazos e datas para pagamento das parcelas. Contudo, esses prazos estão condicionados a juros e obedecendo as regras do Banco central.

          Taxas de Juros para empréstimo com cheque

          Pelo empréstimo pessoal com cheque ter um índice de inadimplência mais alto, geralmente os bancos compensam com um taxa de juros maior. Atualmente, o índice de devolução de cheques acumulado nos últimos 12 meses é de 6,51%. Além disso, a Região Sudeste é a maior emissora de cheques sem fundo no Brasil. Contudo, se analisarmos os gráficos dos últimos 12 meses, verificamos uma pequena queda. Isso se deve a mudança de hábito no comércio em não aceitar mais parcelamentos em cheques nas compras a prazo.

          Pesquisar nessa modalidade é fundamental para evitar fazer um empréstimo pessoal com cheques com taxas muito altas. No entanto, conforme a tabela do banco central, as taxas poderão variar de 1% a 2o% ao mês.

          Mas não se entusiasme com as taxas de 1% informadas pelo Banco Central. No mercado quem faz realmente essa modalidade de crédito conforme pesquisa realizada pelo portal consignados, está cobrando acima dos 15% ao mês.

          Despesas Adicionais

          Essa modalidade de crédito incide algumas taxas. Contudo, em alguns casos até seguros são adicionados a sua parcela, o que encarece ainda mais. No entanto, as principais taxas são:

          • TAC (taxa de abertura de crédito)
          • IOF (imposto sobre operações financeiras)
          • Seguros
          • Títulos de capitalização

          Cuidado, pois as despesas com TAC são negociadas e se perceber que o valor da TAC é superior a 5% do valor do seu empréstimo ou maior que R$ 150,00, reclame.

          O IOF é um imposto e, nesse caso, não existe negociação. Por isso tem que se conformar. Agora, seguros e títulos de capitalização não fazem parte de seu empréstimo com cheque. Ademais, reclame quando for oferecido a você. Geralmente a utilidade destes produtos quando atrelados ao seu empréstimo, é somente para ajudar o agente de crédito a bater suas metas.

          Milagres não existem

          Ao longo dos meus 17 anos na área de crédito, já vi inúmeras pessoas caindo no golpe do “depósito”. CUIDADO! Algumas quadrilhas se aproveitam da ingenuidade das pessoas oferecendo facilidades em aprovação, taxas de juros menores e prazos fora do comum, mas em troca solicitam que seja pago a parte as despesas de IOF e TAC. CUIDADO! Isso é um golpe. Não existe tal liberação e você perderá qualquer valor depositado.

          Você sabia que o Portal Consignados é especialista em empréstimo consignado?

          Com mais de 17 anos no Mercado de Empréstimo Consignado e com uma equipe treinada para lhe auxiliar na melhor decisão, no entanto o Portal Consignados trabalha em parceria com diversos bancos para lhe oferecer sempre o melhor negócio.

          Contrate seu empréstimo consignado clicando aqui

          Dúvidas Como funciona um Empréstimo Pessoal com Cheque? Entenda aqui