| em 5 meses atrás

Saúde no Brasil

Por Luiz Fernando Ribeiro Pereira

A muito tempo que a saúde no Brasil não vai bem, isso além de evidente vem se agravando dia a dia. Em nosso portal atendemos a milhares de pessoas e na sua grande maioria são idosos, sendo assim um dos públicos mais vulneráveis a este tipo de serviço, por este motivo decidimos escrever a respeito.

Podemos citar pelo menos 3 motivos pelos quais a saúde no brasil vai mau:

  • Baixo investimento em formação
  • Alto custo
  • Negligência das autoridades

Quem já precisou de um hospital público neste momento está se identificando com este post, e não é pra menos, o atendimento em muitos hospitais é de péssima qualidade e como citado acima os motivos que colaboram com isso, vamos explicar melhor logo abaixo.

Baixo Investimento em formação

Ser médico não depende apenas de boa vontade, inteligência ou ter vocação, vamos falar a verdade, depende apenas de ter dinheiro para bancar uma faculdade ou uma formação que permita que se consiga passar em um vestibular, além de manter livros, anos sem a colaboração financeira dentro de casa entre outras questões relacionadas ao dinheiro.

A verdade é que o profissional da área de saúde além de condições tem que gostar de pessoas mais do que de DINHEIRO, o que é pouco evidenciado no trato que a população tem tido por parte destes profissionais.

Já foi atendido por um médico ao qual nem olhou pra você? Nem ao menos te examinou? e foi logo pedindo um monte de exames sem ao menos perguntar se você estava bem ou não?Não fique triste você não é o único a passar por isso.

Enquanto somente o filho do rico se formar médico a saúde deste país não vai melhorar e você sabe porque? É simples! Somente quem já sofreu os perrengues da vida tem sensibilidade em ver uma família destroçada por um problema grave de saúde, sem condições de fazer exames caros, ou tomar medicações mais caras ainda, terá a sensibilidade em dar seu máximo para amenizar a dor do paciente e de seus familiares.

Infelizmente o remédio dos últimos governos foi ou chamar médicos de fora, negligenciando um plano diretor de formação profissional aos nossos jovens de baixa renda, ou simplesmente cortar o orçamento destinado à educação.

E nossos direitos constitucionais, à saúde, moradia, educação e segurança? Para onde foram? Não seria o básico?

Imagine uma família que está apertada financeiramente, e tem que tomar uma decisão, trocar de carro no final de ano ou fazer a rematrícula do filho na escola? Qual seria a sua decisão? Trocar de carro? ou garantir ao seu filho a melhor formação profissional que você pudesse oferecer? Parece óbvio qual seria a decisão certo? Mas para os últimos governos a decisão foi trocar de carro. LAMENTÁVEL!

Alto custo

Se a mão de obra é cara, o produto será mais caro ainda, ja escutei de médicos a reclamação “Isso é um absurdo, ganhar R$ 1.300,00 por plantão, assim não dá!”. A minha resposta pra ele foi : “Desculpe Dr mas em qual país o senhor vive?”. Tem muito pai de família que não ganha isso por mês!

Na média o valor pago por um plantão médico de 24 horas é de R$ 1.020,00 em um hospital particular e R$ 1.300,00 em um Hospital público – Fonte CREMESP

O fato é que a medicina no Brasil é um negócio altamente lucrativo, quem diz no setor que existe dificuldade está mentindo, hospitais como São Camilo, ao longo de 16 anos aumentaram suas instalações em praticamente 500%, com direito a piano e até lojas de chocolate e lanchonete de luxo.

Em São Paulo o que mais se vê atualmente é uma migração de profissionais, da região norte e nordeste são os que mais tenho encontrado. Nada contra muito pelo contrário, adoro o povo nordestino e sou apaixonado pelo norte do país, mas o fato é que se estão vindo pra cá onde se ganha mais dinheiro, quem está atendendo nessas regiões? Aonde está o amor a medicina?

Outro fator importante é a indústria farmacêutica, que age livremente subvertendo profissionais para que possam indicar remédios de um laboratório específico, os chamados “PROPAGANDISTAS”, não é raro o paciente ir na farmácia comprar o remédio e se deparar com um CADATRO DE DESCONTO DO LABORATÓRIO, e adivinha? Vai lá o CRM do médico o nome do paciente e a bola que vem depois, em forma de viagens, hospedagens e até automóveis.

Redes grandes de farmácias atualmente são incentivadas a coletar o CRM do médico e colocar em sistema, mas não com a finalidade de apenas te vender um remédio com receita mas sim de informar ao laboratório que o CRM tal deverá receber sua comissão.

O fato é que se um setor se corrompe e se torna uma indústria a conta ficará alta demais, até mesmo para um dos maiores pagadores de impostos do mundo (você e todos os cidadãos do brasil).

Negligência das autoridades

Na terra de cego quem tem um olho é Rei, já viu esse ditado popular? pois é! a questão é tão crítica que a falta de profissionais limita as ações das autoridades, ou alguém tem dúvida que se fizesse uma auditoria nos principais laboratórios não iria encontrar inúmeros CRMs na folha de pagamento? Qual seria a punição? Banir o CRM? Quem sobraria para atender a população? Ou se fossem apurar os erros médicos, abusos, maus tratos e etc então? Sobraria um colapso ainda maior.

Somos refém de uma negligência velada, que atravessou décadas e que seu único remédio foi se contentar com médicos estrangeiros, baixar a cabeça para o mau atendimento, pagar mais caro pelo mesmo princípio ativo em um remédio entre outras atrocidades que vivemos atualmente.

Caro leitor apesar de acostumados com esta situação, posso afirmar ISSO NÃO É NORMAL.

Quando teremos ações como a LAVA A JATO na saúde? Quando iremos apurar e punir realmente os responsáveis? Corrupção é um mal que assola e compromete uma nação, mas não menos importante é a saúde.

AONDE ESTÁ A POLÍCIA FEDERAL?Será que por não dar tanto ibope não se interessa?

Existe Solução da saúde no Brasil?

Somos uma nação com mais de 200 milhões de brasileiros, com uma das maiores extensões territoriais, temos uma das maiores metrópoles do mundo, um dos maiores produtores de alimento do planeta, possuímos riquezas inesgotáveis, temos o pulmão do planeta aos nossos pés e somos um povo alegre, como não pode haver uma saída?

Educação, educação e educação! Um das maiores armas para se subjugar um povo é fazê-lo acreditar nas mentiras que lhe são contadas, e para isso é necessário o emburrecimento. Mas como fazem para conseguir nos emburrecer?

Simples! Primeiro você não investe na educação, depois tenta controlar os veículos de comunicação e por final propaga o ódio e incentiva a discriminação, criando assim um clima de intolerância. Pronto terá uma nação burra, subjugada e que se matam entre si, desviando o foco para o óbvio.

Enquanto a mídia se preocupar com gafes presidenciais achando que estão ridicularizando um presidente a ponto dele não ganhar a eleição e deixar de fiscalizar estamos perdidos.

Globo, SBT, Record, folha de São Paulo, Rádio CNM e os demais veículos de comunicação deste país, faço um desafio a vocês :
Realizem uma excursão por este país, visitem escolas, hospitais, delegacias e mostrem a realidade! ninguém aguenta mais falar sobre o que o presidente fez ou deixou de fazer, vocês nem deveriam dar destaque para o banal, a população precisa ver o que está acontecendo de fato e de forma exaustiva deve ser demonstrado sem espaço para o jogo que querem que vocês façam “Dar mais espaço para o governo”.

Uma das táticas de enfraquecimento a grupos extremistas é exatamente o contrário o que a mídia deste país está fazendo, ou seja, não se dá destaque para coisa banais.

E você leitor ou telespectador destes veículos quando ver espaço direcionado a operação realizada em presidente ou besteiras faladas, deve se perguntar “ Tá e daí! quero saber como estão as escolas, os professores, os postos de saúde e o combate a criminalidade?

Solução existe e está na educação de uma nação, melhorando assim a percepção das coisas e deixando que nosso senso crítico seja apurado e melhorado, para que nossas escolhas no futuro seja em propostas de governo, em propostas de soluções de problemas.

Não se conserta um país em 4 anos, nem em uma década, mas é necessário um esforço coletivo para que isso aconteça.

Luiz Fernando Ribeiro Pereira

Há 17 anos no mercado de crédito, se especializou em empréstimo consignado, politicas de crédito, crédito consciente e Marketing Digital, co-fundador do portal consignados.com.br

Leave a Reply

You have to agree to the comment policy.