O que significa matrícula no empréstimo consignado?

01/06/2020

A matrícula no empréstimo consignado é uma das principais informações a fim de realizar uma pesquisa de margem consignável, contudo, muitas pessoas desconhecem esse fato ou até mesmo nem sabem o que é uma matrícula.

Para você que é aposentado ou pensionista do INSS a matrícula a qual estamos nos referindo nada mais é que seu número de benefício. Por tanto se você está estranhando alguém te pedindo o número da matrícula, saiba que a informação que na verdade estão querendo é o número do benefício.

Geralmente a instituição financeira ou o agente de correspondente não irá pedir o número da matrícula quando se deparar com um aposentado ou pensionista do INSS. Por conhecer o mercado e os trejeitos, muito provavelmente vai solicitar do jeito mais usual que seria o “número do benefício”.

Já em órgãos públicos como SIAPE, ou Prefeituras o servidor já está mais acostumado e a forma correta é pedir a matrícula mesmo.

A matrícula é um número de identificação do aposentado, pensionista ou servidor, ao qual está ligado a um controle interno.

A matrícula estabelece o tipo de vínculo com o órgão,por exemplo no INSS a matrícula indica se o segurado tem condições de fazer um empréstimo consignado ou não.

Em condições específicas o segurado não está habilitado para contratar um empréstimo consignado devido a natureza da sua matrícula.

Igualmente ao CPF a matrícula no empréstimo consignado é a base principal para coletar as seguintes informações:

  • Margem consignável
  • Cadastro Interno

Margem Consignável

Para realizar um cálculo de margem a matrícula é fundamental, pelo fato de um CPF poder ter mais de uma matrícula o dado principal deixa de ser o CPF e sim a matrícula.

Acessando a matrícula é possível saber qual é a margem consignável e em casos específicos como prefeituras e governos qual foi a margem definida para aquele convênio, o mais comum é 30% para empréstimos e 5% para cartões. Mas isso não é regra geral e muda conforme o convênio.

Algumas prefeituras e governos possuem um sistema de consignação que utilizam para gerir o empréstimo consignado junto aos seus colaboradores e beneficiários, este sistema usa como base de dados a matrícula, sem ela não é possível identificar o cadastro e com isso invalida qualquer acesso à informação:

Òrgãos como o SIAPE por exemplo tem um sistema mais seguro por não permitir que nenhuma ação seja realizada na matrícula dos seus colaboradores sem que o mesmo autorize pelo sistema.

Toda e qualquer consignação na folha depende da matrícula, pois a mesma está vinculada a um pagamento ao qual será o responsável pelo desconto em folha da parcela contratada.

Passei a receber pensão do meu cônjuge vou herdar os empréstimos dele?

É uma pergunta bem comum, e tem relação direta a matrícula, mas a resposta é NÃO, você não vai herdar os descontos em folha.

Cada matrícula está ligada a uma pessoa, quando ocorre infelizmente um óbito é gerada uma matrícula nova, e não é herdado os débitos do originador.

A composição da taxa do empréstimo consignado bem como a lei que rege as condições de contratação que é a lei 10.820 bem como portarias internas que variam conforme o convênio, não preveem a herança de dívidas por parte de familiares, herdeiros legais ou beneficiários de pensão a assumir dívidas.

A cobrança às vezes existe mas de forma velada, e pela falta de informação a instituição leva um tempo para entender o motivo pelo qual o desconto parou de ocorrer.

Cadastro Interno

Somente através da matrícula é possível acessar o cadastro interno junto ao convênio, e isto é importante porque além dos dados pessoais e cadastrais se tem acesso a natureza da matrícula, por exemplo, se é uma pensão, aposentadoria, auxílio doença, servidor público efetivo, contratado, temporário e etc.

Cuidados

Como pode perceber a matrícula no empréstimo consignado é uma das informações mais importantes a serem analisadas, e por este motivo é de supra importância que seja guardada a sete chaves, ou seja, não divulgue a ninguém.

Obviamente quando for contratar um empréstimo consignado será necessário informar, mas mesmo assim recomendamos que tome os seguintes cuidados:

Somente informe a instituições financeiras que conheça ou a agentes de crédito habilitados.

Correspondentes ou agentes de correspondentes também podem ter acesso desde que confirme sua idoneidade ou cadastro junto ao banco central.

Nunca informe seus dados pessoais a terceiros e guarde o número de sua matrícula em local seguro.

Conclusão

Percebeu o significado da matrícula no empréstimo consignado e sua importância? Portanto a nossa recomendação é que guarde essa informação o mais seguro possível e entenda que o sigilo nesses casos é muito importante para sua segurança financeira.

O INSS bem como alguns órgãos são alvo de quadrilhas que buscam esses dados a fim de comercializar ou fazer empréstimos em nome de terceiros sem seu conhecimento, por isso cuidado é importante com essa informação.

Caso tenha dúvidas em relação a algum assunto relacionado a este post ou a empréstimo consignado, deixe suas dúvida aqui que ajudamos a esclarecer.

Luiz Fernando Ribeiro Pereira

Autor do Portal Consignados

Há 17 anos no mercado de crédito, se especializou em empréstimo consignado, politicas de crédito, crédito consciente e Marketing Digital, co-fundador do portal consignados.com.br
Subscribe
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
O que achou do post? Por favor, comente!x
()
x