| em 1 ano atrás

Fraldas na Terceira Idade – Dicas da Rê Galacci

Por Luiz Fernando Ribeiro Pereira

A dica de hoje é Fraldas e seus cuidados na Terceira Idade! No mundo, existem milhões de pessoas que sofrem de incontinência urinária, e muitas delas de forma permanente, pois existem doenças que não possuem cura.

Conheça as Dicas da Rê com Fraldas

Por isso, é de suma importância que, ao aparecer qualquer escape de urina, quando perceber qualquer sintoma relacionado, procure um médico para saber qual o melhor tratamento indicado.

Vale lembrar que em alguns casos existem ferramentas que auxiliam o tratamento como por exemplo medicamentos, fisioterapia, exercícios e terapia. Enfim, com o avanço da medicina, podemos contar muitos tipos de tratamentos, e ainda que ele seja personalizado para atender sua particularidade. Isso é o mais legal.

Cuidados Especiais para Pessoas Especiais

Bom, também sabemos que algumas doenças que chamamos de Demências, uma muito conhecida e falada por exemplo é o Alzheimer, infelizmente com seu evoluir, torna constante os escapes, pois o paciente acometido pela doença vai perdendo os reflexos.

E é claro, com a evolução da demência, tudo vai tornando-se mais complexo. Inclusive o grau de dependência nos cuidados. As AVDs (Atividades da Vida Diária), que são comuns, tornam mais dificultosas de realizar sozinho e, dependendo o grau da evolução, torna-se impossível. Disso falaremos em um outro tópico.

É importante para esses casos a utilização de fraldas ou absorventes para incontinência urinária, pois traz muita praticidade, agilidade no cuidado diário, higiene e conforto, além de não deixar ninguém constrangido, caso aconteça em público um escape. Então, ao buscar os recursos de fraldas, que é o que mais tenho experiência, vou passar algumas dicas:

  1. Buscar o modelo de fralda que mais se adapta a pessoa que vai utilizar
  2. Comparar benefícios de produtos
  3. Comparar preço (custo benefício)
  4. Observar a absorção
  5. Tempo de troca
  6. Controle de odor
  7. Se agride a pele (produtos com material áspero)
  8. Comprar um produto testar e se der certo comprar mais.
  9. Pesquisar sobre o produto na internet e com alguém que utiliza
  10. Adaptação na utilização das fraldas com amor

Essas dicas foram essenciais na minha rotina porque as vezes tinha um produto muito barato. Porém, como não tinha boa absorção, utilizávamos muito. Então, o custo benefício era ruim. Gastávamos muito produto.

Higiene também é importante

As vezes, você acaba de trocar e vaza tudo. Tem que trocar roupas, lençóis e limpar colchão. Enfim, nada de praticidade além da pessoa ficar constrangida também. As vezes tem grandes promoções. A dica é que se você não conhece o produto, não saia comprando em grandes quantidades. Até porque aquele produto pode ser muito bom para uma pessoa, mais não significa que vai ser bom para sua realidade.

É muito importante saber entender, ouvir quem vai utilizar o produto, e com muito amor ajudá-lo a se adaptar ao processo de inserção de fraldas na rotina. E uma super dica extra: Hoje existe no mercado “roupas íntimas descartáveis”. Isso ajuda muito no processo de adaptação. Você pode começar por elas e ir aos poucos inserindo as fraldas convencionais.

Você também pode utilizar shorts de lycra ou cueca boxer por cima da fralda. Isso traz mais segurança, conforto e também não marca muito, ou seja, não transparece que está de fralda.

Continue acompanhando

Tem um vídeo lá no meu canal que falo e mostro alguns produtos que utilizo com a minha sogra a super DIOW. Vou deixar o link aqui para vocês: Clique aqui para acessar!

E não se esqueçam de sempre procurar entender a sua realidade para então inserir itens, produtos, adaptações que ficam melhor para o seu contexto.

Um grande abraço, Rê Galacci.

Luiz Fernando Ribeiro Pereira

Há 17 anos no mercado de crédito, se especializou em empréstimo consignado, politicas de crédito, crédito consciente e Marketing Digital, co-fundador do portal consignados.com.br

Leave a Reply

You have to agree to the comment policy.